Papo Pá-Pum #52 :: Madalena Moniz

A lisboeta Madalena Moniz é nossa convidada do Pá-Pum #52. Oba! Formada em Ilustração pela School of Creative Arts, em Bristol (Reino Unido), Madalena levou este ano em Bolonha a Menção Honrosa Opera Prima, por seu trabalho com o livro Hoje Sinto-me... - um abecedário para grandes sensações, como descreveu Beto no nosso antigo e eterno site, o Garatujas Fantásticas. 

Antes da entrevista, entre no clima com essa lindeza:


Papo Pá-Pum

Participantes: Voadores e convidado.

Como funciona: uma entrevista a cada 15 dias.

Regras do jogo: as perguntas são sempre as mesmas.

Objetivo: conseguir respostas inteligentes, livres, curtas e engraçadas, na linguagem que bem entender.

Quem já brincou: Daniel KondoIsabel MinhósFrancisca YáñezJanaina TokitakaMaria EugeniaSuppaBlandina e LolloJutta BauerTartaruga FelizAndré da LobaTalita NozomiAngela-LagoLaura TeixeiraCarlinhos MüllerViscaSilvana TavanoIlan BrenmanTaline SchubachMaria Amália CamargoSilvana RandoCatarina SobralLúcia HiratsukaStela BarbieriCris EichDaniel BuenoMarilda CastanhoNelson CruzTino FreitasAndré NevesRenato MoriconiChristian Inaraja, Ionit ZilbermanYara KonoMadalena MatosoMariana ZanettiSandra JáveraAna PessoaAndré LetriaRicardo HenriquesAline AbreuRenata BuenoRaquel MatsushitaVeridiana ScarpelliMay Shuravel, Simona CiraoloBernardo CarvalhoCarla Maia de AlmeidaSocorro AcioliKitty Crowther e ATAK.

***

VOADORES: Você é autor, ilustrador, escritor ou o quê?

Madalena Moniz: Sou ilustradora, por vezes designer, armada em artista, a tentar ser autora.

Como é o lugar onde você trabalha?

Temporáriamente, trabalho em casa numa mesa redonda, com 80cm de diâmetro, que também serve para jantares com amigos (não muitos). Em breve, passarei para uma mesa rectangular, própria (e só) para trabalhar, com vista para os aviões.

Quais cores e técnicas são suas melhores amigas?

As cores variam, mas tenho tendência para cores pastel e tons suaves.

Gosto de experimentar para cada trabalho, mas as principais técnicas e materiais que utilizo são aguarelas, tinta da china, lapis de cor, grafite.

Você gosta de brincar com as palavras?

Quando elas querem brincar comigo, gosto.

Por que seus livros carregam o selo infantil, se eles são bons para todas as idades?

Porque os adultos gostam de assuntos sérios.

Qual livro você gostava de ler quando criança?

Primeiro a colecção do Babar de Laurent de Brunhoff, depois a Menina do Mar e a Fada Oriana da Sophia de Mello Breuner Andresen.

Você pode falar de cinco livros seus que você adora?

Por enquanto ainda só tenho dois livros publicados: Sílvio, o domador de caracóis, com texto de Francisco Duarte Mangas e ilustrações minhas, e o abecedário Hoje Sinto-me…, publicado este ano pela OrfeuNegro.

Livro, autor ou artista contemporâneo que você ama e acha que todos deveriam conhecer.

Ballad, de Blexbolex (publicado no Brasil pela Cosac Naify: Romance).

Quando é melhor ler? E desenhar?

Ler à noite, na cama, ou na praia ou à tarde no fim de semana. Pintar sempre.